Tags:
Destaque Economia Futuro Econômico Mercado Financeiro

Tesouro Direto em alta e mercado de olho no FED

Taxas do Tesouro Direto sobem pelo 5º dia, confira vantagens de investimento. Mercado segue pressionado por notícias políticas e alta dos juros nos EUA

As taxas de retorno dos títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto sobem pelo quinto dia seguido nesta segunda-feira (30) em relação às taxas ofertadas na sexta-feira (27).

O mercado segue pressionado pelas notícias políticas e do exterior. Novas gravações do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, foram divulgadas, dessa vez com do ministro da Transparência, Fabiano Silveira. Lá fora, as atenções continuam voltadas à política monetária dos EUA. A presidente do Fed, Janet Yellen, referendou na sexta-feira a expectativa de alta dos juros em breve.

Os títulos públicos indexados à inflação pagam juros na casa dos 6,25%, enquanto os papéis prefixados pagam por volta dos 13%. A taxa de retorno e o preço dos títulos públicos têm comportamento inversamente proporcional, ou seja, quando um sobe o outro cai.

Veja as taxas dos dos títulos públicos disponíveis para compra nesta segunda-feira:

TítuloVencimentoTaxa de compraPreço de compra
Indexados ao IPCA
Tesouro IPCA+ 2019 (NTNB Princ)15/05/20196,32%R$ 2.409,22
Tesouro IPCA+ 2024 (NTNB Princ)15/08/20246,15%R$ 1.770,29
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2026 (NTNB)15/08/20266,21%R$ 2.892,86
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2035 (NTNB)15/05/20356,23%R$ 2.826,66
Tesouro IPCA+ 2035 (NTNB Princ)15/05/20356,24%R$ 919,35
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 (NTNB)15/08/20506,26%R$ 2.838,04
Prefixados
Tesouro Prefixado 2019 (LTN)01/01/201912,95%R$ 730,79
Tesouro Prefixado 2023 (LTN)01/01/202313,10%R$ 445,53
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2027 (NTNF)01/01/202713,04%R$ 876,52
Indexados à Selic
Tesouro Selic 2021 (LFT)01/03/20210,02%R$ 7.804,10
Fonte: Tesouro Direto

Saiba mais sobre essa modalidade de investimento que vem sendo muito apontada por especialistas do mercado de investimentos:

 

Por Thaís Folego jornalista em O Financista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *