Tags:
Assembleia Legislativa Desenvolvimento Infraestrutura Mato Grosso Sociedade Tecnologia Tranparência

Comunicação – Investimento de R$ 5 mi traz enxugamento de custeios terceirizados

Com intuito de avançar na proximidade dos parlamentares junto à população, a ALMT apostou na aquisição de estrutura própria para transmissões ao vivo para todo Estado

Após a modernização e ampliação da Rádio ALMT, a Assembleia Legislativa voltou a investir no seu corpo estrutural de comunicação, dessa vez contratando a empresa 4TC Tecnologia Ltda, no valor de R$ 5 milhões, para a confecção de duas unidades móveis (veículos), as quais irão, com independência, realizar transmissões ao vivo para a TV e a Rádio Assembleia.

O contrato foi assinado no dia 29 de maio pela deputada Janaina Riva (MDB), que à época atuava como presidente interina do Legislativo, e o primeiro-secretário Max Russi (PSB ) .

Conforme contrato, a Casa de Leis fornecerá os veículos, utilitários (Renaut Master) o qual a empresa em questão, com sede em Sorocaba (SP), se compromete a equipa-los no aporte de realizar transmissões via satélite para TV e Rádio FM Assembleia.

Conforme o edital, o fornecimento de todos os materiais, equipamentos, acessórios e serviços devem ser realizados pela 4TC.

Presidente Eduardo Botelho (DEM), secretária de Comunicação da ALMT, Rosimeire Felfili, na inauguração das novas instalações da Rádio da ALMT. (foto: ALMT)

De acordo com o presidente da Legislativo, deputado Eduardo Botelho (DEM), atualmente quando há a necessidade da realização de links ao vivo, a TV precisa recorrer ao serviço terceirizado.

“Serão dois carros adaptados para fazer transmissão ao vivo da TV Assembleia. Com esses equipamentos não teremos mais a necessidade de contratar, e poderemos fazer links ao vivo de qualquer lugar do Estado. Foi cotado e feita a licitação. Esse é o preço de mercado”, disse o deputado.

O edital ainda estabelece que a empresa já fará a entrega dos veículos em no mês 11 deste ano (novembro) e os pagamentos serão liquidados mediante apresentação de nota fiscal.

“Os pagamentos serão de forma mensal e em função da planilha de apontamento do recebimento/mediação expedida e chancelada pelo engenheiro responsável do projeto e/ou equipe responsável pela verificação e contra a nota fiscal emitida”, conforme trecho do contrato.

Transmissão Satélite Claro S/A

Para viabilizar o serviço de transmissão, um segundo contrato foi firmado entre a Assembleia Legislativa a empresa Claro S/A, que fornecerá sinal via satélite para transmitir os sinais digitais para televisão e rádio.

O contrato tem validade de um ano, no valor total de R$ 753 mil. O montante do investimento será executado com mensalidades no valor de R$ 62,7 mil.

 

 

 

Da Redação com informações da Assessoria AL-MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *