Análise Assembleia Legislativa Destaque Fiscalização Política TCE-Tribunal de Contas de Mato Grosso

PEC do TCE – Substitutos são impedidos de assumir Presidência e vice

A AL aprovou a PEC onde veta a condição de conselheiros substitutos de participarem da eleição da mesa diretora para assumir a presidência e vice presidência da Corte de Contas

A Assembleia Legislativa aprovou, na noite de quarta-feira (16), o Projeto de Emenda Constitucional (PEC) que veta conselheiros substitutos de concorrerem à presidência ou a vice-presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Sendo assim, na primeira semana de novembro, haverá apenas uma dobradinha entre os atuais e únicos titulares da Corte: Guilherme Maluf e Gonçalo Domingos de Campos Neto.

Sendo atualmente o presidente, encerrando o seu biênio, Campos Neto cederá a posição de presidente ao mais recente integrante da Corte, Guilherme Maluf. Neto seguirá como vice-presidente.

Tendo em vista que os conselheiros afastados não tem a menor previsão de retorno aos cargos, a dobradinha seguirá entre Maluf e Campos Neto até novos indicados ocuparem as vagas dos afastados.

E assim segue o ”Tribunal Faz de Contas” do Estado de Mato Grosso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *