Corrupção Cuiabá denúncia Destaque Justiça Justiça Lavagem de Dinheiro Lavagem de Dinheiro Mato Grosso Ministério Público MPE Política

Herança Barbosa – Roseli Barbosa é intimada a depor

Nem as orações do ex-governador e atual Pastor Pentecostal, Silval Barbosa, fazem com que sua ”movimentada” gestão saia do foco de denúncias, intimações e condenações

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou o ex-governador Silval Barbosa, seu irmão Antonio Barbosa e os ex-secretários de Estado Pedro Nadaf e Marcel de Cursi pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa em 16 de agosto.

Paralelo a esse ocorrido, a ex-primeira-dama de Mato Grosso,Roseli Barbosa, foi intimada pelo juiz Jorge Luiz Tadeu, da 7ª Vara Criminal, a prestar depoimento sobre o suposto desvio de R$ 8 milhões da antiga Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT), que teria ocorrido entre 2011 e 2014, quando ela estava à frente da pasta.

O interrogatório foi agendado para o dia 11 de março de 2020, quase seis anos depois da deflagração da Operação Arqueiro pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco). Roseli chegou a ser presa em agosto de 2015, mas passou somente uma semana detida.

No mesmo dia, ainda serão ouvidos os réus Sivaldo Antônio da Silva e Sílvio Corrêa, ex-chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa.

Aparentemente, a ‘luz do Senhor’ não está sobre a família Barbosa. Talvez porque, aqui se faz aqui se paga.

 

 

 

Da Redação com informações da coluna Fogo Amigo no site Mídia News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *