Jornal Correio da Semana » Blog Archives

Author Archives: Kadu Rachid

Sem Categoria

Copa Fest agita a Praça da República a partir desta terça-feira

A estreia do Brasil na Copa da África será acompanhada ao vivo pelos torcedores cuiabanos nesta terça-feira. A partir das 9 hs a Praça da República no centro da Capital estará vestida de verde-amarelo na inauguração do Copa Fest-Museu das Copas, evento que promete envolver a população no clima festivo que já toma conta do país. Até o dia 11 de julho, o Museu das Copas estará montado sob uma estrutura de ferro e lona em formato de bola de futebol, ao lado de outros equipamentos de lazer e entretenimento.

Nos dias de jogos do Brasil (15, 20 e 25 nesta primeira fase), além de visitar o Museu, o cidadão assistirá aos jogos da seleção ao vivo em monitores de TV LCD de 60 polegadas. Um trio elétrico instalado no local ajudará a criar um ambiente de alegria e confraternização em torno do esporte mais popular do Brasil e do mundo.

No museu, uma exposição temática resgata através de fotos, textos, vídeos e objetos, a história dos grandes mundiais de futebol através dos tempos. Neste passeio virtual, o cidadão conhecerá os fatos marcantes e as curiosidades de todas as edições do Mundial da Fifa, bem como seus heróis, mascotes, estádios e todos os detalhes que envolveram a competição. Um vídeo com os mais espetaculares gols das Copas permitirá ao visitante rever momentos eternizados na memória do futebol brasileiro e mundial.

Animadoras com o uniforme verde-amarelo se encarregarão de espalhar o clima de alegria entre todos os torcedores. Atores com fantasias de animais típicos do Pantanal estarão à disposição para brincadeiras e fotos com as crianças. Tendas personalizadas com jogos e brincadeiras derivadas do futebol completam o pacote de ofertas de diversão sadia e entretenimento festivo para a população.

Serviço: Inauguração do Copa Fest-Museu das Copas
Dia: 15/06 (terça)
Horário: 9 hs
Local: Praça da República

Sem Categoria

Surpresa, Fifa diz que treinos fechados do Brasil são irregulares

Os três treinos fechados pelo técnico Dunga em quatro dias na África do Sul surpreenderam a Fifa. A entidade apontou, nesta segunda-feira, uma irregularidade na preparação da Seleção Brasileira para a estreia na Copa do Mundo, na terça-feira, contra a Coreia do Norte.

“Fecharam mais de uma vez? Eu não sabia de nada. Para mim é uma surpresa”, respondeu Nicolas Maingot, o diretor de comunicação da Fifa, ao ser questionado pela reportagem do Terra sobre a nova política de treinamentos adotada pela comissão técnica brasileira.

De acordo com a Fifa, o Brasil está contrariando uma orientação da entidade, mas não corre o risco de ser punido.

“Antes dos jogos, as seleções podem fazer apenas um treino fechado para os jornalistas. Os outros têm que ter pelo menos 15 minutos com a presença da imprensa”, explicou Maingot, em encontro realizado no Soccer City. A CBF ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Dunga fechou as portas da Hoerskool Ranburg, o centro de treinamento do Brasil em Johannesburgo, na quinta pela manhã, no sábado e no domingo. Neste período, apenas os treinos de quinta pela tarde e sexta foram abertos à imprensa.

Nesta segunda, o treinador não poderá continuar com o mistério, já que a Seleção, por exigência da Fifa, realiza treino aberto no Ellis Park, palco do jogo com os norte-coreanos. Após a atividade, o técnico brasileiro vai conceder entrevista coletiva no estádio.

Sem Categoria

Hotel é construído com lixo de praia

Na última semana, foi inaugurado o Save the Beach Hotel em Roma, na Itália. Não se trata de um local luxuoso, com quartos e camas confortáveis, mas sim de uma casa feita como lixo encontrado nas praias da Europa.

A Iniciativa faz parte do projeto Save the Beach (salve a praia, em Português), liderado pela artista alemã H.A. Schult.

Um site traz informações do projeto e permite que pessoas de todo o mundo se ofereçam para ficar no hotel, ou mesmo opinem sobre a campanha.

A ideia é fazer com que as pessoas deixem as praias da Europa mais limpas, caso contrário, é no meio do lixo que elas ficarão hospedadas num futuro não muito distante.