Jornal Correio da Semana » Blog Archives

Author Archives: Kadu Rachid

Novidade Política

Governo diz está aberto ao diálogo a revendedores de combustíveis de Mato Grosso

Publicado por

Governador Silval Barbosa participa de evento de posse da nova diretoria do Sindipetróleo

Na noite dessa segunda-feira (05.04), no evento de posse da nova diretoria do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sindipetróleo), em Cuiabá, que o Governo do Estado vai manter o diálogo com todos os sindicatos, mas principalmente com o representante dos revendedores de combustíveis.

“O Governo não faz nada e, aliás, essa é uma orientação minha também; não está aí para atrapalhar a vida de ninguém. O Governo está aberto ao diálogo”, argumentou Silval Barbosa. Ele lembrou aos jornalistas que a carga tributária média do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) sobre os combustíveis é de 20% e não 46% como fora reclamado.

Silval Barbosa ressaltou ainda que o Governo tem conhecimento das desvantagens logísticas de Mato Grosso com os outros Estados e revelou a intenção em trabalhar dentro de uma política tributária que leve o Estado a competir com os demais Estados brasileiros. “Vamos trabalhar muito para superar as dificuldades de logísticas, resolver principalmente os problemas das nossas rodovias”, completou o chefe do Estado que inclusive já mantém conversa com o Governo Federal.

“Tão logo a nossa economia reaja teremos mais condições de fazer frente às demandas sociais, melhorar todos os serviços do Estado e até desonerar a carga tributária”, previu ainda Silval Barbosa, ao argumentar também que a Secretaria de Estado de Fazenda, ou mesmo o Governo, tenha inventado alguma nova lei para cobrar impostos. “O que se cobra hoje é o imposto devido”, disse.

Ainda durante a solenidade, o governador destacou a atuação do último presidente do Sindipetróleo, Jose Fernando Chaparro, nas reivindicações e lutas do sindicato e das expectativas com a nova gestão, “o Aldo (Locatelli) conhece bem o segmento, já foi presidente do sindicato. Eu tenho certeza que ele vai contribuir com o segmento e para as discussões macro com o Governo, a apresentar os problemas da categoria”.

“Nós, donos de postos, somos vistos como os vilões da história. Queremos mostrar que nós somos comerciantes como qualquer um. Por uma questão de não rebater as críticas ficamos pichados como cartel, e lucro exorbitante. Lógico, existem maus comerciantes, como existem maus juizes, maus promotores, maus repórteres”, salientou o novo presidente do Sindipetróleo/MT.

O Sindipetróleo foi criado em Mato Grosso no ano de 1980. Desde 1988, Aldo Locatelli e família se estabeleceram no Estado onde firmaram negócios no segmento de revenda de combustíves. A nova diretoria traz como 1º vice-presidente Paulo Eduardo Nogueira Emboava (Posto VIP – Cuiabá), 2º vice-presidente João Marcelo Guimarães Fernandes Borges (P. S. Elisa – Cuiabá), 1º secretário Bruno Borges (Posto Santa Carmem-Cuiabá), 2º secretário Eduardo Piccini (Renascença Auto Posto – Cuiabá), 1º tesoureiro Ranmed Leite Moussa (Metropolitano Auto Posto – Cuiabá) e 2º tesoureiro Joaquim Carvalho Moraes (Posto Ribeirinho – Cuiabá). Serão quatro anos de mandato.

  Participaram do evento o secretário de Estado de Indústria, Comércio, Minas e Energia, Pedro Nadaf, secretário-adjunto de Comunicação, Onofre Ribeiro, deputado Sérgio Ricardo representante da Assembleia Legislativa,, prefeito de Cuiabá, Francisco Galindo, deputado federal Wellington Fagundes, vice-presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Jandir Milan.

Cultura

Exposição ‘Casas antigas de Cuiabá’ no Goiabeiras Shopping marca aniversário da capital

Publicado por

A Secretaria de Estado de Cultura prepara uma programação toda especial para o mês de abril por conta do aniversário de Cuiabá, comemorado na próxima quinta-feira (08.04). Entre as atividades preparadas para celebrar os 291 anos da capital mato-grossense está a exposição “Casarios de Cuiabá”, aberta para visitação na Praça Central do Goiabeiras Shopping. A mostra, realizada pela SEC, é composta por 60 painéis com fotos de casas do centro histórico e estará aberta para visitação até o dia 11 de abril. A entrada é gratuita.

A exposição é fruto de um projeto realizado pelo guia turístico Hélio Ramos e o fotógrafo Mário Friedlander, que tem como objetivo documentar, registrar o momento atual dos casarões históricos a fim de servir como memória de um período e como fonte de pesquisas. Mais de mil casarões foram retratados, resultando em sete mil imagens aproximadamente. O melhor desse trabalho pode ser conferido está na exposição.

Hélio Ramos afirma que é uma realização para ambos ver o produto de seu trabalho exposto num local de grande fluxo de pessoas. “A idéia do projeto é realmente mostrar aos cuiabanos uma outra visão sobre as construções da cidade que são de uma riqueza e uma beleza impressionante. Além disso, outro objetivo da mostra é incentivar a preservação do patrimônio cultural, uma vez que o trabalho busca dialogar com o sentimento de ‘cuiabania’, que traduz num apego pelas tradições que marcam a cultura local”, afirma.

O fotógrafo Mário ressalta que esta é uma boa oportunidade para as novas gerações saibam como são os casarões neste momento. “Sabemos que estas construções sofrem intervenções como reformas, mudanças para se adaptarem melhor a nossa época, além da deterioração natural com o passar dos anos, por isso achamos importante registrar em fotos”, explica Mário.

De acordo com o superintendente do Goiabeiras Shopping, Adilson Marante, é um privilégio ter a oportunidade de sediar esta mostra. “O Goiabeiras Shopping tem sempre um espaço aberto para a divulgação da cultura cuiabana. Esta exposição encantará os cidadãos mato-grossenses, que passarão a valorizar ainda mais a cultura cuiabana”.

SERVIÇO:

O que: Exposição Casarios de Cuiabá

Local: Praça Central do Shopping Goiabeiras

Data: até 11 de abril

Horário: 10 às 22 h – Entrada gratuita

Economia

Culturas da mamona e feijão ganham normas de zoneamento agrícola

Publicado por

Portal Agronegócio

O zoneamento agrícola para o cultivo da mamona, safra 2010/2011, foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (05/04)

As normas contemplam os seguintes estados: Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Rio Grande do Sul, São Paulo, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Tocantins e Minas Gerais. O Rio Grande do Sul foi contemplado com o estudo para a 1ª safra da cultura do feijão, de acordo com a Portaria Nº 91. 

A mamona destaca-se pelas várias aplicações do óleo extraído de suas amêndoas, cujos teores variam de 43% a 49%, dependendo da variedade e da região. A planta apresenta tolerância à seca sendo uma boa alternativa  de cultivo em diversas regiões do País. Apenas o excesso de umidade é prejudicial durante o ciclo da cultura. Já o feijão não suporta geada em nenhuma fase do ciclo de desenvolvimento e é sensível ao calor em qualquer estágio.

O zoneamento agrícola tem como objetivo identificar as áreas aptas e os períodos de semeadura com menor risco climático para o cultivo de cada variedade.