Jornal Correio da Semana » Blog Archives

Author Archives: Kadu Rachid

Esportes

Mixto segue sem vencer

Publicado por

Mixto

O Mixto continua sem vencer no Estadual de Futebol 2010. O jogo contra Rondonópolis Esporte Clube (REC), neste domingo (21), começou sob forte chuva no estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá).

Apenas 167 pagantes assistiram à partida. Mesmo depois de muitos lances a gol, o jogo terminou empatado em 0 a 0.

Durante todo o primeiro tempo, o destaque ficou para os goleiros, que fizeram grandes defesas. O primeiro cartão amarelo da partida foi para Cleiton do REC.

Estreou no segundo tempo o atacante mixtense Oscar, no lugar de Renato, e o zagueiro Sérgio Rafael no lugar de Alan. O Mixto voltou mais veloz e forçando mais o contraataque.

No time do REC, foi a vez do atacante Amilton entrar no lugar de Guilherme. No Mixto foi Paulo Matos que assumiu o lugar de Danilo. O jogo continuou disputado. Passando da metade do segundo tempo, Diogo se lançou sobre Euclides e levou cartão vermelho.

O REC insistiu colocando Andresinho no lugar de Liniquer, e Gigio saiu contundido, sendo substituído por Emerson. Mesmo com as várias tentativas de gol, o jogo terminou empatado.

Após o jogo, o Mixto voltou para Cuiabá. Segundo o treinador Roberto Cavallo, mudanças estão previstas para esta semana. Os novos jogadores também começam a treinar hoje (22).
Cultura

Os Melhores do Mundo estará nesta sexta (26) em Cuiabá

Publicado por

Melhores do Mundo

A Cia. de Comédia Os Melhores do Mundo irá se apresentar nesta sexta-feira (26), as 19h30min, no Centro de Eventos ACRIMAT, com o espetáculo: ‘’Hermanoteu na terra de Godah’’.

Sediado em Brasília desde a sua fundação em 1995, o grupo teatral, composto por seis integrantes, sendo apenas uma mulher, criou, produziu e montou diversos espetáculos – todos próprios – e têm se apresentado por todo o Brasil e em Portugal com o compromisso de criticar e observar nossos hábitos, nossa sociedade e nossa cultura de maneira cômica.
Seguindo a linha de sátiras do grupo, ‘’Hermanoteu na Terra de Godah’’, visita a diversidade fantástica do Livro dos livros. Entre as páginas do Antigo Testamento, encontramos Hermanoteu, o protagonista, perambulando por domínios romanos entre pestes, bárbaros e deuses pagãos. Quando o homem enfrentava a ira de um deus menos complacente, Hermanoteu, irmão de Micalatéia e típico hebreu do ano zero – camarada, bom pastor e obediente –, recebe uma missão divina: guiar Seu povo à Terra de Godah. Num cenário que representa um imenso deserto, Hermanoteu esbarra em Cleópatra e até mesmo no Filho do Todo Poderoso, além de outros tantos personagens fantásticos. Um espetáculo reverenciado pelo público, onde a Cia. orgulhosamente recebe o humorista Chico Anysio, interpretando Deus (com textos em off). O final da peça traz uma divertida surpresa para os espectadores.
O grupo já lançou um DVD com o espetáculo: ‘’Notícias Populares’’. Hermanoteu cumpre temporada por todo o Brasil.
Para maiores informações: 3627-4497
Economia

Brasil possui o melhor clima econômico da America Latina

Publicado por

Economia

A economia da América Latina segue em recuperação, revelou nesta segunda-feira (22) o índice de clima econômico (ICE), que aumentou de 5,2 pontos para 5,6 pontos entre outubro do ano passado e janeiro de 2010.
Os dados foram constatados em pesquisa realizada pelo alemão Institute for Economic Research at the University of Munich (Instituto IFO) e pela Fundação Getulio Vargas (FGV).
A FGV nota, porém que a economia da região ainda não retornou à situação anterior à crise financeira internacional, uma vez que, em julho de 2008, antes da deterioração da crise, o ISA se encontrava em 5,7 pontos.
Resultados abaixo de cinco pontos indicam “clima ruim”, enquanto desempenhos acima disso são considerados positivos.
Ritmo mundial
Na prática, o ritmo da economia da América Latina acompanha a velocidade de recuperação da economia mundial, após a crise global. O resultado de janeiro, de acordo com as instituições, foi impulsionado por uma melhora na avaliação sobre o momento presente na economia.
De outubro do ano passado a janeiro deste ano, o Índice de Expectativas (IE), um dos dois componentes do ICE, avançou de 3,3 para 4,0 pontos, enquanto o Índice da Situação Atual (ISA) subiu de 7 para 7,1 pontos. Para as instituições, o ISA mostra uma sinalização de otimismo do mercado financeiro em relação às economias latino-americanas durante o primeiro semestre de 2010.
Brasil
Em janeiro, o clima econômico do Brasil foi o melhor da América Latina pela segunda vez consecutiva. Entre 11 países pesquisados, o Índice de Clima Econômico (ICE) do Brasil em janeiro foi de 7,8 pontos, acima do desempenho anterior, de outubro do ano passado, de 7,4 pontos. O resultado também foi o mais elevado entre as nações utilizadas na pesquisa. O índice de clima econômico também é composto pelo índice de expectativas (IE), que passou de 7 para 7,1 pontos entre outubro de 2009 e o primeiro mês deste calendário.
Em comunicado, as instituições comentam que a economia brasileira continuou em ritmo de expansão no primeiro mês do ano, após enfrentar a crise global em 2009. Na pesquisa anterior, o Brasil também tinha mostrado o melhor ICE entre os 11 países pesquisados.
Dentre os países latino-americanos, depois do Brasil, sobressaíram em janeiro o ICE do Chile (7,4 pontos), Peru (7,3 pontos) e Uruguai (7 pontos). As menores leituras ficaram Bolívia e México, de 4,4 pontos cada um, e Venezuela, com 3 pontos.
Bolívia, Colômbia, Equador, México e Paraguai estão em fase de recuperação na economia. Por fim, a Venezuela é o único país da América Latina, entre os analisados, que permanece em recessão na região.
Na medição que considera a média da pontuação dos países nos últimos quatro trimestres, o Brasil ainda permanece em segundo no ranking de clima econômico dos países da América Latina, perdendo para o Peru, que permanece na primeira posição com o melhor clima econômico médio.
A Sondagem Econômica da América Latina é trimestral. Para a pesquisa de janeiro foram consultados 139 especialistas em 17 países.
(Informações da Agência Estado e Valor Online)