Category Archives: Infraestrutura

Infraestrutura MT

Reunião define cronograma para início dos projetos da Ferrovia Senador Vuolo entre Rondonópolis e Cuiabá

A construção da Ferrovia “Senador Vicente Vuolo” – trecho Rondonópolis-Cuiabá – começa a sair do papel nesta sexta-feira (23.09). Uma reunião em Cuiabá, na Sala de Reunião Governador José Garcia Neto, é o marco desse início e vai contar com a participação de representantes do Governo Federal, através da Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT), das universidades federais de Mato Grosso (UFMT) e Santa Catarina (UFSC). Também participam o segmento produtivo – através das entidades Aprasoja, Famato, Fecomércio, Sebrae, Fiemt entre outras, e o Governo de Mato Grosso, os mesmos atores do Seminário “Desenvolvimento e Ferrovias”, que aconteceu em junho próximo passado, quando foi assinado o Termo de Compromisso com ANTT e Valec.

“É uma reunião técnica”, informa o secretário-extraordinário de Logística e Transportes Intermodal, Francisco Vuolo. “Continuação da reunião técnica na qual debateu o modal ferroviário, agora com a participação das universidades federais de Mato Grosso e Santa Catarina”, destaca. Outra participação importante é dos representantes chineses no Brasil, como convidados, que já está confirmada. Nesta reunião, será definido o cronograma do projeto e do papel de cada um, com definição de prazo, para cumprir aquilo que ficou definido no Termo de Compromisso.

Quanto ao trecho Rondonópolis-Cuiabá, as universidades terão papéis importantes, por conta da expertise de cada uma. A Federal de Mato Grosso, é reconhecida pelo domínio nas questões ambientais, enquanto a de Federal de Santa Catarina é especialista na construção de ferrovias. As duas serão autoras dos estudos e projetos que deverão ficar prontos até dezembro de 2012, quando inicia a etapa de definição do modelo de concessão.

A UFMT já tem um desenho de um pré-traçado da Ferrovia já elaborado e será apresentado ao governador Silval Barbosa. Lembrando: em outubro o Terminal de Intemodal de Itiquira começa a operar e será oficialmente inaugurado em dezembro, no aniversário da cidade. No segundo semestre de 2012 a ferrovia chega até Rondonópolis. Segundo Francisco Vuolo, a confirmação desse calendário demonstra a importância da reunião desta sexta-feira.

O trecho deverá ter 220 km e vai exigir um investimento na ordem de R$ 800 milhões. Vuolo, contudo, faz questão de lembrar que ainda não se vai debater a construção da ferrovia, pois a fase é de elaboração de projeto e depois a definição do modelo de concessão.

A participação chinesa na reunião, segundo Vuolo, deve-se ao fato que será apresentado um pré-estudo de viabilidade técnica e econômica elaborado pelo Fórum Pró-Ferrovia da Ferrovia Cuiabá-Santarém. Também será debatida a questão da capacitação da mão-de-obra, com instauração de pós-graduação e/ou mestrado numa parceria entre as duas universidades. A criação desses cursos também vão ser importantes na manutenção dos trens do VLT.

O representante da ANTT, Noburo Ofugi, o mesmo que assinou o termo de compromisso em junho, deve chegar em Cuiabá ainda nesta quinta-feira. A ANTT será a executora dos recursos para elaboração dos estudos de impactos econômicos e ambientais. A Universidade Federal de Santa Catarina vai participar com quatro professores-doutores do Laboratório de Logística da UFSC.

Fonte:Secom/MT

Esportes Infraestrutura

MT deve contratar 400 operários para `acelerar` obra da arena

Pelo menos mais 400 pessoas serão contratadas até o final deste ano para trabalhar na construção da Arena Pantanal em Cuiabá. A previsão é da Agência de Execução dos Projetos da Copa do Pantanal (Agecopa) e, com isso, o número de operários atuando somente em uma das obras previstas para receber os jogos da Copa de 2014 deve chegar a mil. Atualmente, 600 operários trabalham na construção. O prazo estimado para o término do estádio, considerado um dos mais modernos do país, é até dezembro de 2012.

Embora o setor de construção civil esteja enfrentando um déficit de mão de obra, o presidente da Agecopa, Eder Moraes, afirmou que a autarquia não tem preocupação em relação a essa escassez, mas pondera que o governo do Estado tem investido na qualificação de jovens e adultos por meio do programa Copa em Ação, desenvolvido em parceria com a Secretaria de Trabalho e Assistência Social do Estado (Setas).

Considerada a principal obra que consta no cronograma de projetos da Agecopa, a Arena Pantanal está em fase adiantada. Cerca de 30% dos serviços foram executados e, de acordo com a assessoria da autarquia, já estão em fase conclusão as obras de terraplanagem, drenagem e fundações. Para acelerar mais os serviços, foi adquirido um guindaste vindo da Alemanha, capaz de levantar estruturas de metal e concreto de até 12 toneladas.

Segundo a Agecopa, o equipamento vai agilizar em 50% a instalação de pilares, lajes e arquibancadas do estádio. Até hoje, a Arena já recebeu repasse do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) na ordem de R$ 57 milhões. Mas, ao todo, deverão ser gastos R$ 440 milhões na obra, sendo que R$ 355 milhões são destinados à infraestrutura, conforme contrato firmado com o Consórcio Santa Bárbara/Mendes Júnior.

O restante será para a instalação de cadeiras, placar eletrônico e outros itens de tecnologia de informação. As licitações para a aquisição desses equipamentos estão previstas para ocorrer ainda neste ano. A área total da Arena será de 300 mil metros quadrados e terá 43,6 600 lugares.

Fonte: G1

Infraestrutura MT

Agecopa e Acrimat finalizam negociação para construção do Fan Fest e novo parque de Exposição

Definir um cronograma para as obras do Fan Fest da Fifa e construção do novo parque de Exposição Jonas Pinheiro. Este foi o assunto de uma reunião realizada na manhã da quinta-feira (15.09), na sede da Agecopa, entre diretores da Acrimat e o presidente Eder Moraes. A Acrimat vai apresentar a proposta para a obra do novo Parque de Exposições e a Agecopa definirá o cronograma do Fan Fest, local onde os torcedores poderão assistir em telões todos os jogos da Copa de 2014.

Durante o encontro ficou decidido ainda que a próxima edição da Expoagro, em 2012, será realizada no atual Parque de Exposições Jonas Pinheiro, localizada no bairro Dom Aquino, em Cuiabá. O encontro serviu para agilizar trâmites na negociação que trata da transferência do Parque de Exposição Agropecuária para uma nova área no Coxipó, saída para Santo Antônio de Leverger. A decisão política e o processo de titularidade das áreas do atual Parque de Exposições Jonas Pinheiro, onde será construído o Fan Fest para a Copa do Mundo 2014, e do novo local onde será o Parque de Exposições estão definidos.

O próximo passo será apresentar cronogramas de obras do Fan Fest por parte da Agecopa e o projeto do novo parque pela Acrimat. “Estamos trabalhando, buscando acelerar as obras e ações para a Copa. O Fan Fest está definido e manteremos o foco para agilizar os projetos relacionados ao Mundial”, disse Eder Moraes, presidente da Agecopa.

O novo parque de Exposição de Cuiabá continuará com mesmo nome e passa de uma área de 18 hectares para 100 hectares, localizada a margem da rodovia MT-040, de acesso a Santo Antônio do Leverger. O atual espaço será o Fan Fest Fifa, um dos cinco compromissos da matriz de responsabilidades da Copa do Mundo de 2014.

A realização da 48ª Expoagro não impedirá o início das obras do Fan Fest. “Queremos construir um parque de Exposição moderno que atenda a demanda e a exigência de um Estado que tem o maior rebanho do país. A Expoagro cresce a cada ano e a obra leva alguns anos para ser concluída o que não irá prejudicar as obras da Agecopa”, comentou João Bernardes, presidente da Acrimat.

Uma nova reunião está agendada para a próxima semana, quando detalhes serão ajustados.

Fonte:Secom/MT